Amo Escrever. E Agora?



Algumas pessoas gostam de falar. Outras já preferem escutar, sem ter real necessidade de expor suas opiniões ou pensamentos. E há aquelas que têm muito a dizer, mas não se sentem a vontade ao falar. 

É difícil explicar. É como se a coisa que querem dizer se perdesse à caminho dos lábios, tornando impossível externar exatamente o que queriam. Por isso elas escrevem.

De início pode ser só uma forma de extravasar sentimentos, mas logo uma vontade insistente de fazer algo mais surge. Ideias permeiam a mente, tais como:


Será que alguém gostaria de ler o que escrevi?
Será que alguém vai se identificar?
Será que eu conseguiria transformar isso em um trabalho remunerado?

Assim como escrever é algo natural a eles, o surgimento dessas questões também é. O problema é que há um abismo gigante entre o amor pela escrita e o mercado editorial brasileiro. Talvez ele exista porque um não esteja preparado para o outro. Um deseja aceitação incondicional do outro, desprezando o conceito de aperfeiçoamento. De mudança. De renovo.

E foi pensando em tentar, quem sabe, começar a construir uma ponte que interligue esses dois extremos que criamos esse Blog. 

Confira na página A Gente Faz Por Você para saber mais sobre como podemos ajuda-lo?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Giro pelo Mundo

free counters

Quem espia

Comentários.

Campanhas Permanentes!

Alerta!

Protected by Copyscape Duplicate Content Check

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital