Humanidade e outros pensamentos - José Douglas Alves dos Santos

Número de páginas: 148
Ano de publicação: 2012 (1ª edição)
ISBN: 9788560075898
Editora: Gráfica Editora J Andrade
Apoio: Instituto Banese/Museu da Gente Sergipana e Grupo de Escritores AlumiaR 


Humanidade e outros pensamentos é um livro que nos apresenta diversas histórias – algumas reais e outras fictícias – sobre o mundo, a vida, a humanidade. São pensamentos a respeito das tantas informações que consumismo diariamente (sem podermos realizar uma devida digestão das mesmas) e de sonhos que cultivamos ao longo de nossa existência; um livro que versa entre questões filosóficas, científicas e da literatura clássica universal. Dividido e três capítulos (Humanidade; Notícias Paradoxais; e Compartilhando Pensamentos), a obra recebe a caracterização de literatura inovadora, termo escolhido pelo autor José Douglas Alves dos Santos e o também escritor fatimense José Roque dos Santos Nascimento para definir o estilo literário em que produziam (isso desde 2006). Através de diversos textos (contos, crônicas, poemas, frases) de sua autoria e de outros autores (alguns conhecidos outros ainda não), “Humanidade e outros pensamentos” é um livro que busca o compartilhamento de novas/velhas ideias e a inquietação da mente humana.

Obs.: O livro foi produzido de forma independente, contando apenas com um pequeno apoio financeiro do Instituto Banese/Museu da Gente Sergipana, da Gráfica Editora J Andrade e de alguns amigos.Uma novidade que o autor apresenta é na opção de capa; os leitores têm duas opções de capa diferentes para escolher.


                                             
PREFÁCIO
 Um convite, a espera e o diamante...

            Nascido em Fátima na Bahia, atualmente estudante do Curso de Pedagogia, militante do movimento estudantil, cinéfilo confesso, leitor disciplinado, amante da boa música, apreciador de diversas manifestações artísticas e culturais, poderia afirmar, com segurança, que o autor tem todas as condições para desenvolver a sensibilidade de olhar o cotidiano e dele apurar reflexões significativas, no entanto, de onde emanariam a criticidade, a competência e a profundidade de seus escritos?

A convivência com amigos mais velhos, as dificuldades da vida que fizeram, desde muito cedo,  aprender com a alteridade e dar valor a fraternidade. O incentivo dos familiares e a vontade de socializar o que apreendeu e conquistou, a cada filme assistido, a cada livro folheado, a cada música ouvida, a cada indignação experimentada.

            Como um diamante que precisa de profundidade específica e temperatura elevada para se formar, e também necessita do magma rico em carbono para se constituir. A escrita de José Douglas Alves dos Santos é derivada de um processo de constituição lento ao longo da sua trajetória, que não pode ser medida apenas pela idade cronológica, mas pela diversidade de experiências vivenciadas. Assim, como o diamante expressa ao mesmo tempo beleza e resistência, carece de lapidação para expandir seu brilho, pode ser apreciado em joias caras, mas também é utilizado em ferramentas industriais... “Humanidade e outros pensamentos” permite ao leitor a fruição de uma boa escrita, o prazer do encadeamento das ideias, mas também a dureza das denúncias: do descaso com a educação pública; da irresponsabilidade com o sistema de saúde; do consumismo desenfreado que contamina a natureza e as relações humanas; do preconceito exacerbado; das crianças abandonadas; do mau uso dos meios de comunicação de massa; da falta de respeito e gentileza entre as pessoas;  da degradação cultural e social, entre outros aspectos.

Em seu livro José Douglas Alves dos Santos trata de questões do cotidiano que vão dos conselhos da avó paterna, ao uso indevido do capacete; da vontade de estudar ao futebol – especialmente do Flamengo; da vida dura nas favelas e no campo à fé e esperança que devemos ter a cada nascer do sol; de momentos difíceis à saudade do avô. Os amores, as amizades, o registro de frases célebres de autores conhecidos e desconhecidos, de amigos próximos e distantes; as músicas e as poesias que marcaram momentos singulares de sua experiência; enfim, cada reflexão nos permite uma aproximação particular com as impressões do autor. Que com muita sabedoria, citando Rubem Alves, afirma:
 “As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver melhor o mundo. Aprendemos palavras para melhorar os nossos olhos”.

Este não é o primeiro livro do autor, e ficamos na torcida para que outros diamantes possam ser apresentados ao público, em breve! Como seus familiares e amigos mais próximos torço pela sua carreira de autor de cujo estilo já me tornei fã, pois inspira e emociona a cada linha.


Anamaria Gonçalves Bueno de Freitas

(sobre a prefaciadora)
Mestre (1995) e Doutora (2003) em Educação, pela Universidade Estadual de Campinas; possui estudos de Pós-Doutorado (2010) pela Universidade de São Paulo; professora do Departamento de Educação, Universidade Federal de Sergipe, desde novembro de 1996; professora do Núcleo de Pós-Graduação em Educação da mesma instituição; Pesquisadora da História da Educação, atuando no campo dos estudos biográficos, cultura escolar e formação docente. Também não dispensa um bom cafezinho e uma boa orientação.


José Douglas Alves dos Santos é natural da cidade de Fátima/BA, residindo atual­mente em Aracaju/SE, onde está terminando o curso de Pedagogia pela Univer­sidade Federal de Sergipe. Em sua vida acadêmica já foi bolsista CNPq-ITI-A como monitor no curso de Pedagogia da Terra/UFS (projeto “A formação dos educadores do campo: processos e praticas em assentamentos de Reforma Agrária do Nordeste”, coordenado pela Profa. Dra. Marizete Lucini), bolsista como assistente de polo no curso de Especialização em Ges­tão Escolar da UFS (Escola de Gestores, coordenado pelo Prof. Dr. José Mário de Aleluia) e Coordenador Geral do Diretório Acadêmico Livre dos Estudantes de Pedagogia (DALEPe, 2010-2012). Atualmente, é monitor da disciplina de Didática (com os professores Florisvaldo Rocha e Marizete Lucini) e finaliza sua pesquisa monográfica a respeito do que as crianças pensam sobre o professor. Pesquisador em Cultura Docente e Discente, Cultura Escolar, Infância e Educação, Política e Sociedade, Literatura, Música e Cinema.

O livro poderá ser encontrado em breve na Livraria Saraiva e na Livraria Escariz, ao valor de R$ 20,00 ou entrando em contato com o próprio autor:

E-mail: jdneo@hotmail.com


Tel.: (79) 9851-0369 / (79) 8112-6581

Obs.: no dia do lançamento, a obra estará sendo vendida a um preço promocional de R$ 10,00, objetivando deixar o livro mais acessível a todos que gostam e necessitam de literatura.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Giro pelo Mundo

free counters

Quem espia

Comentários.

Campanhas Permanentes!

Alerta!

Protected by Copyscape Duplicate Content Check

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital