Humanidade e outros pensamentos - José Douglas Alves dos Santos

Número de páginas: 148
Ano de publicação: 2012 (1ª edição)
ISBN: 9788560075898
Editora: Gráfica Editora J Andrade
Apoio: Instituto Banese/Museu da Gente Sergipana e Grupo de Escritores AlumiaR 


Humanidade e outros pensamentos é um livro que nos apresenta diversas histórias – algumas reais e outras fictícias – sobre o mundo, a vida, a humanidade. São pensamentos a respeito das tantas informações que consumismo diariamente (sem podermos realizar uma devida digestão das mesmas) e de sonhos que cultivamos ao longo de nossa existência; um livro que versa entre questões filosóficas, científicas e da literatura clássica universal. Dividido e três capítulos (Humanidade; Notícias Paradoxais; e Compartilhando Pensamentos), a obra recebe a caracterização de literatura inovadora, termo escolhido pelo autor José Douglas Alves dos Santos e o também escritor fatimense José Roque dos Santos Nascimento para definir o estilo literário em que produziam (isso desde 2006). Através de diversos textos (contos, crônicas, poemas, frases) de sua autoria e de outros autores (alguns conhecidos outros ainda não), “Humanidade e outros pensamentos” é um livro que busca o compartilhamento de novas/velhas ideias e a inquietação da mente humana.

Obs.: O livro foi produzido de forma independente, contando apenas com um pequeno apoio financeiro do Instituto Banese/Museu da Gente Sergipana, da Gráfica Editora J Andrade e de alguns amigos.Uma novidade que o autor apresenta é na opção de capa; os leitores têm duas opções de capa diferentes para escolher.


                                             
PREFÁCIO
 Um convite, a espera e o diamante...

            Nascido em Fátima na Bahia, atualmente estudante do Curso de Pedagogia, militante do movimento estudantil, cinéfilo confesso, leitor disciplinado, amante da boa música, apreciador de diversas manifestações artísticas e culturais, poderia afirmar, com segurança, que o autor tem todas as condições para desenvolver a sensibilidade de olhar o cotidiano e dele apurar reflexões significativas, no entanto, de onde emanariam a criticidade, a competência e a profundidade de seus escritos?

A convivência com amigos mais velhos, as dificuldades da vida que fizeram, desde muito cedo,  aprender com a alteridade e dar valor a fraternidade. O incentivo dos familiares e a vontade de socializar o que apreendeu e conquistou, a cada filme assistido, a cada livro folheado, a cada música ouvida, a cada indignação experimentada.

            Como um diamante que precisa de profundidade específica e temperatura elevada para se formar, e também necessita do magma rico em carbono para se constituir. A escrita de José Douglas Alves dos Santos é derivada de um processo de constituição lento ao longo da sua trajetória, que não pode ser medida apenas pela idade cronológica, mas pela diversidade de experiências vivenciadas. Assim, como o diamante expressa ao mesmo tempo beleza e resistência, carece de lapidação para expandir seu brilho, pode ser apreciado em joias caras, mas também é utilizado em ferramentas industriais... “Humanidade e outros pensamentos” permite ao leitor a fruição de uma boa escrita, o prazer do encadeamento das ideias, mas também a dureza das denúncias: do descaso com a educação pública; da irresponsabilidade com o sistema de saúde; do consumismo desenfreado que contamina a natureza e as relações humanas; do preconceito exacerbado; das crianças abandonadas; do mau uso dos meios de comunicação de massa; da falta de respeito e gentileza entre as pessoas;  da degradação cultural e social, entre outros aspectos.

Em seu livro José Douglas Alves dos Santos trata de questões do cotidiano que vão dos conselhos da avó paterna, ao uso indevido do capacete; da vontade de estudar ao futebol – especialmente do Flamengo; da vida dura nas favelas e no campo à fé e esperança que devemos ter a cada nascer do sol; de momentos difíceis à saudade do avô. Os amores, as amizades, o registro de frases célebres de autores conhecidos e desconhecidos, de amigos próximos e distantes; as músicas e as poesias que marcaram momentos singulares de sua experiência; enfim, cada reflexão nos permite uma aproximação particular com as impressões do autor. Que com muita sabedoria, citando Rubem Alves, afirma:
 “As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver melhor o mundo. Aprendemos palavras para melhorar os nossos olhos”.

Este não é o primeiro livro do autor, e ficamos na torcida para que outros diamantes possam ser apresentados ao público, em breve! Como seus familiares e amigos mais próximos torço pela sua carreira de autor de cujo estilo já me tornei fã, pois inspira e emociona a cada linha.


Anamaria Gonçalves Bueno de Freitas

(sobre a prefaciadora)
Mestre (1995) e Doutora (2003) em Educação, pela Universidade Estadual de Campinas; possui estudos de Pós-Doutorado (2010) pela Universidade de São Paulo; professora do Departamento de Educação, Universidade Federal de Sergipe, desde novembro de 1996; professora do Núcleo de Pós-Graduação em Educação da mesma instituição; Pesquisadora da História da Educação, atuando no campo dos estudos biográficos, cultura escolar e formação docente. Também não dispensa um bom cafezinho e uma boa orientação.


José Douglas Alves dos Santos é natural da cidade de Fátima/BA, residindo atual­mente em Aracaju/SE, onde está terminando o curso de Pedagogia pela Univer­sidade Federal de Sergipe. Em sua vida acadêmica já foi bolsista CNPq-ITI-A como monitor no curso de Pedagogia da Terra/UFS (projeto “A formação dos educadores do campo: processos e praticas em assentamentos de Reforma Agrária do Nordeste”, coordenado pela Profa. Dra. Marizete Lucini), bolsista como assistente de polo no curso de Especialização em Ges­tão Escolar da UFS (Escola de Gestores, coordenado pelo Prof. Dr. José Mário de Aleluia) e Coordenador Geral do Diretório Acadêmico Livre dos Estudantes de Pedagogia (DALEPe, 2010-2012). Atualmente, é monitor da disciplina de Didática (com os professores Florisvaldo Rocha e Marizete Lucini) e finaliza sua pesquisa monográfica a respeito do que as crianças pensam sobre o professor. Pesquisador em Cultura Docente e Discente, Cultura Escolar, Infância e Educação, Política e Sociedade, Literatura, Música e Cinema.

O livro poderá ser encontrado em breve na Livraria Saraiva e na Livraria Escariz, ao valor de R$ 20,00 ou entrando em contato com o próprio autor:

E-mail: jdneo@hotmail.com


Tel.: (79) 9851-0369 / (79) 8112-6581

Obs.: no dia do lançamento, a obra estará sendo vendida a um preço promocional de R$ 10,00, objetivando deixar o livro mais acessível a todos que gostam e necessitam de literatura.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital