Poema para a Lua



Antes que nasça o Sol (Guardiões do tempo)
Enclausurada a Lua para sempre
Na órbita dos meus olhos
O que quer que eles procurem no céu à noite
Estejas sempre lá, ó bela!

És a voz suave do poeta, que canta à noite
O grito rouco da fera que te procura em vão, durante o dia
És o retrato dos amantes
Dona do mar, que é teu espelho!

Antes que nasça o Sol (Guardiões do tempo)
Enclausurada a Lua para sempre
Neste momento meu, de amor...



Uma ótima noite de quinta-feira a todos e um fim-de-semana iluminado pela Lua em sua fase mais bonita!

Libério Lara

4 comentários:

Débora sex out 21, 08:20:00 AM  

Feliz dia 20 de outubro, quer dizer, meio atrasadinho, dia do Poeta *-*
Beijos, até mais

Adriana Brazil sex out 21, 11:10:00 AM  

oi amigo!
Puxa eu amo a lua, acho que ela sempre servirá de inspiração para os poetas =)
bjs

Ana Luiza Rosa ter out 25, 08:26:00 PM  

Muito belas suas palavras!
Também, há muita majestade, quando falamos dos astros, principalmente os que transmitem tanta luz e paz!
Sempre achei a lua um símbolo da paixão! :D

beijo,
Aninha - Ofício dos Livros

Mariana Sampaio,  ter nov 22, 11:45:00 PM  

Oi, Libério! Os poetas são sempre fascinados pela Lua, não é? Não há um só que não tenha escrito algo em sua homenagem!
O poema ficou lindo!

Grande abraço.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital