Poema para a Lua



Antes que nasça o Sol (Guardiões do tempo)
Enclausurada a Lua para sempre
Na órbita dos meus olhos
O que quer que eles procurem no céu à noite
Estejas sempre lá, ó bela!

És a voz suave do poeta, que canta à noite
O grito rouco da fera que te procura em vão, durante o dia
És o retrato dos amantes
Dona do mar, que é teu espelho!

Antes que nasça o Sol (Guardiões do tempo)
Enclausurada a Lua para sempre
Neste momento meu, de amor...



Uma ótima noite de quinta-feira a todos e um fim-de-semana iluminado pela Lua em sua fase mais bonita!

Libério Lara

4 comentários:

Débora sex. out. 21, 08:20:00 AM  

Feliz dia 20 de outubro, quer dizer, meio atrasadinho, dia do Poeta *-*
Beijos, até mais

Adriana Brazil sex. out. 21, 11:10:00 AM  

oi amigo!
Puxa eu amo a lua, acho que ela sempre servirá de inspiração para os poetas =)
bjs

Anônimo,  ter. out. 25, 08:26:00 PM  

Muito belas suas palavras!
Também, há muita majestade, quando falamos dos astros, principalmente os que transmitem tanta luz e paz!
Sempre achei a lua um símbolo da paixão! :D

beijo,
Aninha - Ofício dos Livros

Mariana Sampaio,  ter. nov. 22, 11:45:00 PM  

Oi, Libério! Os poetas são sempre fascinados pela Lua, não é? Não há um só que não tenha escrito algo em sua homenagem!
O poema ficou lindo!

Grande abraço.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Giro pelo Mundo

free counters

Quem espia

Comentários.

Campanhas Permanentes!

Alerta!

Protected by Copyscape Duplicate Content Check

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital