História do Brasil em Quadrinhos

Livro "História do Brasil em Quadrinhos" ensina de forma fácil e divertida.
 História do Brasil em Quadrinhos
Nova publicação da Editora Europa ajuda leitores em idade escolar a entender os principais fatos que levaram à Independência do Brasil
 
Em sua estréia no segmento editorial de quadrinhos, a Editora Europa - que publica a revista Mundo dos Super-Heróis, entre outras - investe numa obra com cunho didático e que revisita, de forma leve e divertida, o conteúdo apresentado nas salas de aula. Pouca gente lembra - ou sabe - que o grito de Independência dado por Dom Pedro I às margens do Ipiranga, em 1822, teve sua origem muitos anos antes, na distante Europa, quando a ambição de Napoleão forçou a fuga da família real portuguesa para a então colônia do Brasil e mudou para sempre a nossa história.
 
História do Brasil em Quadrinhos apresenta o encadeamento de todos estes fatos históricos de forma simples e descontraída. No livro aparecem os detalhes da chegada da família real ao Brasil, o Dia do Fico e a Independência de nosso País. "Claro que essas situações tinham enorme complexidade, mas sintetizadas aos seus planos essenciais, com belas imagens e textos enxutos, funcionam melhor no ensino, na compreensão e na memorização do que efetivamente importa no estudo da História", diz Roberto Araújo, diretor-editorial da Editora Europa.
 
A trama e outros detalhes
Toda a história é contada pelo professor Daguerre a três crianças que se desgarram da excursão escolar no Museu do Ipiranga, em São Paulo: Marcelo, Catarina e Gustavo. A pressão sofrida por Portugal para aliar-se a Napoleão, a chegada ao Brasil, a elevação da antiga colônia a Reino Unido, a Inconfidência Mineira, o Dia do Fico e o grito do Ipiranga, tudo passa pela prosa do professor, num encontro que vai mudar a visão daquelas crianças a respeito dos estudos e até mesmo do lugar onde se encontram.
 
A obra foi desenvolvida pelo núcleo da revista Mundo dos Super-Heróis, do editor Manoel de Souza em parceria com Edson Rossatto e Jota Silvestre (pesquisa histórica e roteiro); Celso Kodama e Laudo (desenhos); Omar Viñole (cores) e André Morelli (assistente de edição).
 
A revista traz, ainda, um apêndice com testes de múltipla escolha sobre o conteúdo apresentado e outro com as referências artísticas utilizadas ao longo da narrativa.

História do Brasil em Quadrinhos - Proclamação da República
Na obra, fatos como o Primeiro e o Segundo Reinado, a Guerra do Paraguai e a Abolição da Escravatura são reconstituídos pelo personagem do professor Daguerre a três crianças durante um passeio pelas ruas do Centro de São Paulo.
 
O desenvolvimento dos personagens infantis teve a preocupação de abranger a diversidade étnica brasileira: a oriental Catarina, o negro Marcelo e o branco Gustavo, este, inclusive, um cadeirante que demonstra a mesma disposição e alegria dos amigos ao longo de toda a aventura.
 
Os autores basearam-se em diversas obras de arte sobre este período da História do Brasil como forma de remeter a adaptação para os quadrinhos aos livros da educação formal nas escolas.
O livro História do Brasil em Quadrinhos: Proclamação da República foi desenvolvido por Edson Rossatto (pesquisa histórica, argumento e roteiro), Laudo (desenhos) e Omar Viñole (arte final e cores).

Sobre a empresa
A Editora Europa é uma das maiores empresas brasileiras na área de revistas e livros. Em seus mais de 20 anos, lançou diversas revistas líderes em seus segmentos, como Natureza, CD-ROM, Playstation, Fotografe Melhor e outros. Hoje conta com 15 títulos mensais e alguns bimestrais. Também é a editora da revista Mundo dos Super-Heróis publicação ganhadora de dois troféus HQ Mix como "Melhor Publicação sobre Quadrinhos" do Brasil.
Coleção História do Brasil em Quadrinhos


Entrevista de Edson Rossatto para o programa Mulheres (07/09/2011)

BIOGRAFIA


EDSON ROSSATTO nasceu em São Paulo, Capital, em 1978. Formado em Letras, é escritor, editor de livros, roteirista de HQ e blogueiro. Publicou os livros "Mansão Klaus e outras histórias", "Curta-metragem – Antologia de microcontos" e "Cem Toques Cravados", todos da Andross Editora, além de ter organizado dezenas de antologias literárias. É roteirista da série "História do Brasil em Quadrinhos", da Editora Europa, tendo publicado os volumes "Independência" e "Proclamação da República". É criador e organizador do "HQ em Pauta", um evento destinado ao encontro de leitores e profissionais de quadrinhos. Seu conto Cartas a um irmão foi adaptado para o cinema. Mantem os blogshttp://www.edsonrossatto.com/ e http://www.cemtoquescravados.com/
Contato: edson@andross.com.br


TOQUES PARA MULHERES
O blog
Toques Para Mulheres é um blog destinado a ser humoristicamente polêmico ao retratar o universo feminino na visão de um espécime masculino ("Eu!"). Semanalmente esse pobre homem, o escritor Edson Rossatto ("Eu de novo!"), postará uma crônica sobre o cotidiano feminino e suas implicações na vida daqueles que não sabem o que fazer para agradar as mulheres.
Antes de qualquer coisa, saiba que Edson Rossatto...
1)... não é gay... ("Até dois anos atrás, minha irmã desconfiava. Aí apareci com namorada em casa.")
2)... não pretende ser um macho recalcado que não pega ninguém e só quer falar mal delas por isso... ("Ei! Eu tenho bom senso, pô! Tem muitos caras por aí que não valem nada. Metade eu conheço...")
3)... não é machista... ("Não mesmo! Já saí com algumas mulheres sendo feminista. É mais legal!")
Aproveite o blog e comente o quanto quiser, a opinião que quiser, a crítica que desejar. Só seja educada, porque não vai adiantar xingar: os comentários são moderados...

Livros do Autor (8)














2 comentários:

Marli Carmen sáb set 24, 03:04:00 PM  

que legal!!! eu adorei saber!! é uma iniciativa bem bacana fazer em quadrinhos!!
bjs

Mari Sampaio dom out 09, 11:40:00 AM  

Que legal! Embora só os quadrinhos não sejam o suficiente, é um método alternativo para aqueles que precisam aprender!

Beijos!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital