Amor Dói?





            Frases comuns:
            Estou sofrendo por amor.
            Eu o amo tanto que quando o vejo com outra pessoa, chega a me ferir por dentro.
            Eu te amo e não consigo mais viver sem você.
            Esse amor está ferindo meu coração.

            Leitor, se você não encontrou contradição em nenhuma dessas frases, acredito que você também seja uma daquelas pessoas que confundem amor com outros sentimentos. Antes que prossiga com o texto, gostaria de dizer que isto é comum e que não há nada de errado com você, ok? O fato de você acreditar neste amor romântico é culpa nossa, dos escritores e poetas, pobres mortais de almas inquietas, que passam a maior parte da vida no universo das palavras, trazendo-as à tona em forma de contos, poemas, crônicas, novelas, sagas! Indumentos que colorem a vida, arrancam sentimentos de quem lê – do choro ao riso – conduzem o ser leitor às viagens que a realidade jamais poderá proporcionar, justamente por não serem reais...
            Sim, leitor! Nós brincamos que nem crianças no universo criativo do nosso imaginário, onde tudo é possível, como a mais absurda das coisas, como sofrer por amor...
            Amor não dói! Amor não fere, não machuca! Amor não pede reciprocidade! Amor é sentimento tão leve que a gente nem percebe quando ele chega e entra na alma. Amor acalma! Nada a ver com a paixão que chega e acelera o coração desnorteando as ideias. Amor não pede nada, pelo contrário, engrandece cada vez que a gente dá...
            Amor é raro, mas não é caro. Amor é de graça e por não ter preço, a gente costuma não dar valor quando a gente recebe. Porque amor não é como o encanto que a beleza da moça faz a gente sentir, nem como as palavras bonitas que seduzem, ditas por um poeta. A beleza acaba um dia, num outro dia as palavras serão contraditórias e se não houver amor, encanto e sedução morrerão, junto com o relacionamento.
            Amor... a gente sente quando recebe, mas não sabe quando dá!


Que a quinta-feira traga um final de semana repleto de amor a todos...

5 comentários:

Ahtange Ferreira sex. set. 23, 01:39:00 AM  

Ah... O amor!!!
O que é o amor se não tormento da alma?
Para mim amor que não é de perdição, de desvarios... Não é amor.
Aquele que nos arrebata e nos faz numa fracão de segundos viver o impossível.
Bjos lindo texto.

Adriana Brazil seg. set. 26, 09:13:00 AM  

Nossa que lindo!
O amor está mais que cravado na mente dos poetas, dos artistas, incrivelmente acreditamos no amor assim, talvez nossas letras sejam emocionantes, justamente por isso, por serem de fato o que sentimos e acreditamos.
Adorei amigo.
bjs pra vcs!

Libério Lara seg. set. 26, 09:38:00 PM  

Ahtange! Obrigado pelo comentário, adorei as palavras...
Dri!
E não é? Nós pintamos o amor, imbuidos de tudo que sentimos...
Beijão, minha amiga!

Mariana B. Sampaio dom. out. 09, 11:39:00 AM  

Que lindo, Libério!
Nossa culpa... Realmente, deveser verdade! Mas é tão divertido sentir por nossos personagens, criar seu universo, dar a eles o que possuem!
Um texto maravilhoso como sempre!

Beijos

Anônimo,  ter. out. 25, 06:09:00 PM  

Lindo Lindo!
E como sempre, palavras que enchem a alma!
Vê se não é a mais pura verdade?
A gente se identifica com o amor, mais desconhece de como e em que tempo ele vem!

beijo,
Aninha - Ofício dos Livros

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Giro pelo Mundo

free counters

Quem espia

Comentários.

Campanhas Permanentes!

Alerta!

Protected by Copyscape Duplicate Content Check

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital