BookTour – Livro II - O Senhor Das Sombras – Trilogia Legado Goldshine – Leandro Reis

O Senhor das Sombras

 Sinopse

O Senhor das Sombras é o segundo volume da trilogia “Legado Goldshine”, iniciada por Leandro Reis em Filhos de Galagah.

Neste livro, o autor dá continuidade à missão de Galatea na busca pela segunda runa. A aventura, agora, toma proporções épicas, e muitos mistérios deixados pelo primeiro volume, Filhos de Galagah, são respondidos, além das novas intrigas que são acrescentadas à trama.

Nesta sequência, Leandro Reis aprofunda o drama da bruxa vermelha, Iallanara Nindra, que, exposta aos seus maiores conflitos, é obrigada a fazer uma escolha crucial: matar sua única amiga e protetora, ou traí-la?

Sukemarantus, manifestação do Mal, que tem o poder de controlar toda sorte de criaturas das trevas, lança mão de seus recursos mais vis para atingir seus sombrios objetivos.

Enquanto isto, a busca de Galatea segue por rumos inimagináveis, levando-a às tribos bárbaras das planícies do sul, uma sociedade ímpar e desunida, berço de poderosos guerreiros, essenciais para o sucesso desta nova cruzada.

Em O Senhor das Sombras, inúmeros desafios testarão nossos heróis fantásticos. Muitos sacrifícios serão necessários, enquanto o maior dos perigos se esconde dentro do próprio grupo. Nessa aventura, o fracasso espreita, ávido por um simples deslize, escondido nos cantos mais improváveis da história.

Normalmente não tenho dificuldade em iniciar uma resenha, mas por incrível que pareça o Senhor das Sombras conseguiu.

São tantos fatos, acontecimentos, novos personagens, espero conseguir relatar da forma mais breve possível tudo o que se passa nessa excelente história fantástica...

Fiquei impressionada com a força de Galatea já no primeiro livro, mas nesse a sua superação é enorme.

Mostrou em várias situações que mesmo exausta e perdendo parte de sua armadura e escudo protetor em algumas situações de batalha tem consigo determinação e fé para enfrentar todos os desafios sem jamais desistir.

Sem esquecer também a força, coragem e determinação dos destemidos amigos de Galatea...

Iallanara (a bruxa vermelha) que lutou incansavelmente com o grupo mas, que nos deixa o tempo todo apreensiva (obedecer ou não as ordens do seu Sr. Sukemarantus), Sephiros (mostrou mais do que nunca sua excelente magia), Gawyn (que continua sendo meu corajoso spadachin “doidinho” predileto rs), Ethan (seu tutor e mestre) e Metalander (seu bravo protetor oculto).

Nessa longa e difícil jornada Galatea consegui reunir grandes forças aliadas com tribos de bárbaros, os leões alados (que inicialmente reagem com dúvida e receio, afinal ela está adquirindo novos e poderosos poderes a cada runa conquistada) para se juntarem a sua missão nessa incrível e incansável batalha contra as forças do mal extremamente poderosa, muito bem organizada que proporcionaram incríveis batalhas.

Assim mais uma vez em uma narrativa perfeita, o Leandro nos leva a várias frentes de batalhas, que em nenhum momento torna-se cansativa ou faz com que o ritmo se perca, ao contrário aguçava cada vez mais a curiosidade em voltar a sua sequência para saber o destino de “nossos heróis” que por muitas vezes foram obrigados a se separarem.

Além de conseguir deixar a dúvida (os amigos são realmente o que dizem ou aparentam ser, os inimigos são totalmente maus, não há volta – um em questão mostrou que no fundo não perdeu o seu lado bom por completo e espero que em Enelock essa situação consiga ser revertida).

Por fim, fiquei triste e chorei em alguns momentos pois alguns lindos combatentes de alma e coração pereceram nessa jornada.

E, feliz em outros: Novos personagens surgiram e seguirão em busca da terceira e última runa (falarei deles na próxima resenha) e pessoal teve um início de romance, e qual de nos não espera um mesmo entre batalhas, mas para contar mais detalhes preciso ler o último livro.

Mesmo curiosa e ansiosa em saber o que acontecerá nesse confronto final contra o Lorde Supremo do Mal Enelock (espero não ser surpreendida pelo Leandro rs) sei que sentirei saudades.

5 comentários:

Nanda Meireles sáb jun 04, 03:46:00 PM  

Uau, Marcinha!
Faz tempo que não vejo uma resenha tão empolgante! E agora? Fiquei com uma tremenda vontade de ler! \o/
Parabéns ao autor pelo livro fantástico.
Beijão

Leandro Reis sáb jun 04, 10:03:00 PM  

Pois é, dá para perceber claramente a sua empolgação com a história!

Não sei se já te disse, mas aconselho a leitura do conto "olhos de Herói", que está no meu site. Ele dá um temperinho à história do Senhor das Sombras. Ali você vai entender porque o Nogard interferiu. Vale a pena!

Obrigado pela resenha! Estou ansiosíssimo para ver sua opinião da saga, quando ela estiver completa.

Ju Poggi a.k.a. JotaPluftz dom jun 05, 04:34:00 PM  

\o/ Euu queroo!

Tô endoidando já, ontem li a resenha da Tata de Enelock e já fiquei andando em circulos!kkk

Não vejo a hora de colocar minhas mãos no livro!kkk É uma daquelas séries que se eu tivesse todos os livros aqui tinha devorado tudo de uma vez!

Agora surpresas é tudo que eu espero!kkk
Lendo Filhos de Galagah eu não conseguia ver o próximo passa que a trama tomaria, valorizo muito histórias assim porque algumas coisas já ficaram batidas. E lendo o primeiro livro já vi que o Leandro gosta de enganar a gente direitinho e consegue!

Respondendo a sua pergunta, minha personagem preferida por enquanto é Iallanara...mas terão mais mortes sei de uma, mas isso eu não conto de jeito nenhum se não perde a graça!

Adorei a resenha, me deixou ainda mais ansiosa "matar sua única amiga e protetora, ou traí-la? " O.o COMO ASSIM???

;D Bjs

Judite Santos sex nov 18, 09:00:00 AM  

Pessoalmente achei o livro cliché.

Judite Santos sex nov 18, 09:03:00 AM  

Eu achei o livro cliché, muito senhor dos aneis...

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout por Flavinha Garota de Aquario

Design by Emporium Digital